[TAG] Sete Pecados Literários

Posted on

Vi esta Tag no blog Palácio de Livros e fiquei com vontade de responder. Faz tempo que esse post estava aqui nos meus rascunhos, mas eu andei empurrando ele pra frente, por motivos de outros posts de resenhas e divulgação de parceiros, além das ideias novas que iam surgindo e que eu queria escrever antes de responder essa tag. Enfim chegou o momento.

A Tag consiste em responder as perguntas abaixo, relacionando os pecados capitais a obras literárias.

Ganância: qual seu livro mais caro? E o menos caro?
R: Meu livro mais caro é a edição especial de Anna Kariênina, de Liev Tolstoi. O menos caro foi Tudo Pode Mudar, do Jonathan Tropper, que eu comprei numa feira e custou R$ 4,90.
Ira: com qual autor você tem uma relação de amor e ódio?
R: Atualmente acho que estou bem em paz com os autores. O que eu posso dizer que está me deixando meio irritada é o John Green, que fica roteirizando as adaptações de seus livros pro cinema e não tem escrito mais nada. Poxa!
Gula: que livro você devorou sem vergonha alguma?
R: A probabilidade estatística do amor à primeira vista. Li esse livro em um sábado frio e a leitura foi uma delícia. Acabei no mesmo dia.
Preguiça: qual livro você tem negligenciado devido à preguiça?
R: Anna Kariênina. Por ser clássico, acho que fico colocando na cabeça que vai ser maçante e fico empurrando a leitura pra mais pra frente. Isso sem contar que é longo e a tradução que eu tenho ainda é a que é mais fiel ao original e, com isso, preciso estar descansada pra encarar a leitura.
Orgulho: que livro tem mais orgulho de ter lido?
R: O Mundo de Sofia. Sou apaixonada pela história e por tudo o que eu aprendi com esse livro.
Luxúria: quais atributos você acha mais atrantes em personagem femininos e masculinos?
R: Em personagens femininos a habilidade de usar as palavras para se destacar, com perspicácia e humor. Nos homens, os olhares profundos e os gestos que refletem intenções são os que mais me agradam.
Inveja: que livros você gostaria de receber de presente?

R: Gostaria de poder assinar a Bookworm Box, que é uma iniciativa beneficente, promovida pela Colleen Hoover, mas o preço em reais é impraticável, para apenas dois livros.

E aí, gostaram das respostas? Não vou indicar essa tag porque também não fui indicada, mas se você também gostou da ideia e quiser responder, fique à vontade! Mande o link pra eu poder ler seu post, também!

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.

[Blogagem Coletiva] [Tag] Livro em Fatias – Dia da Pizza

Posted on

Hoje é Dia da Pizza!! Além de comprar uma deliciosa para saborear, acompanhada de uma bela taça de vinho, hoje quero trazer pra vocês a TAG Livro em Fatias, sugerida na blogagem coletiva do grupo Culturação. Nesta tag, a ideia é atribuir um livro para cada fatia, conforme o grau de gostosura do livro.

1ª fatia: O mais gostoso de todos eles, aquele que você come primeiro com os olhos

A menina que roubava livros – Markus Zusak. Comprei o livro bem na época do lançamento, mas confesso que nem li direito a sinopse. A capa maravilhosa do livro é que me fez levá-lo para casa.

2ª fatia: Você está só começando e o segundo pedaço sempre deixa um gostinho de quero mais

Série Noites em Florença – Sylvain Reynard. Eu li só o primeiro livro, um conto que antecede o início dessa série, mas estou morrendo de curiosidade pelos próximos volumes.

3ª fatia: Aquele que te faz querer outros sabores

O Inferno de Gabriel – Sylvain Reynard. Eu me apaixonei pela escrita do autor e quero ler tudo o que ele escrever.

4ª fatia: Quando você pensa que não vai conseguir comer, ele apenas abre mais o apetite

Melancia – Marian Keyes. As primeiras páginas foram absurdamente arrastadas, mas depois que a história engrenou, eu não consegui largar a história até ter lido a história das cinco irmãs Walsh!

5ª fatia: Não tem o mesmo sabor que os outros pedaços, mas ainda assim você come

A redenção de Gabriel – Sylvain Reynard. O último volume da trilogia de Gabriel e o mais desnecessário na minha opinião. Li, porque gosto da escrita do autor e porque já tinha lido todo o começo da história, mas não foi o meu preferido.

6ª fatia: Você já não está mais sentindo o gosto dele

O Palácio da Meia-Noite – Carlos Ruiz Zafón. Mesmo gostando da escrita do autor, não consegui ler esse livro muito rápido e, no fim das contas, não foi uma das minhas histórias favoritas, mesmo.

7ª fatia: Aquele que te deixou empanturrado

Proibido – Tabitha Suzuma. O tema do livro é bastante indigesto e, ainda que tenha gerado uma bela discussão, não consegui me convencer e achar que a história é linda.

8º fatia: Você não aguenta mais nem olhar para ele

A Menina Mais Fria de Coldtown – Holly Black. Não costumo abandonar livros, mas esse eu realmente não consegui continuar. Por isso a escolha.

Gostaram?? Não vou indicar ninguém para essa tag, pois prefiro deixar aberto a quem quiser responder. Quem fizer, por favor, coloca o link aqui pra mim, ok? Quero ler as respostas de vocês!

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.

[TAG] Meus Hábitos Literários

Posted on

Hoje vou responder a tag Meus Hábitos Literários, que vi no blog Resenhando Sonhos. Faz um tempão que ela postou, mas mesmo assim, quis fazer a tag. Venha ver minhas respostas!!

1. QUANDO VOCÊ LÊ? (MANHÃ, TARDE, NOITE, O DIA INTEIRO OU QUANDO TEM TEMPO).

À noite é regra… Sempre leio um pouco antes de dormir. Mas sempre que posso, encaixo uma leitura entre outros horários, como no almoço, por exemplo. Se almoço sozinha, depois de comer leio pelo menos uma meia horinha, pra descansar a cabeça. De manhã, enquanto meu marido termina de se arrumar para irmos trabalhar, também consigo ler alguns minutos.

2. VOCÊ LÊ APENAS UM LIVRO DE CADA VEZ?

Normalmente sim, porque me apego a uma história e fica complicado largar o livro pra ler outro. Mas às vezes leio as postagens capítulo a capítulo no Wattpad, então acabo lendo dois ao mesmo tempo, mas é raro… O que eu costumo fazer é ter o livro físico e o digital, assim leio a história em qualquer lugar, acabo mais rápido e já parto para a próxima leitura!!

3. QUAL SEU LUGAR FAVORITO PARA LER?

Gosto de ler na minha cama. Acho que por ter o costume de ler antes de dormir, se estiver em casa e quiser ler durante o dia, acabo indo pra lá.

4. O QUE VOCÊ FAZ PRIMEIRO: LÊ O LIVRO OU ASSISTE AO FILME?

Normalmente eu deixo tanto o filme pra depois que, se o livro perde a prioridade na minha lista de leitura eu nem leio nem assisto. Aí vou ler muito tempo depois ou, se perdi completamente o interesse em ler aquela história, assisto só o filme e não leio.

5. QUAL FORMATO DE LIVRO VOCÊ PREFERE? (ÁUDIO-LIVRO, E-BOOK OU LIVRO FÍSICO)

Sempre vou amar os livros físicos, mas aprendi a gostar da praticidade de ler em qualquer lugar que o e-book oferece. Por isso, acabo dando preferência ao e-book ou então indo atrás do e-book dos livros físicos que eu tenho.

6. VOCÊ TEM ALGUM HÁBITO EXCLUSIVO AO LER?

Gosto de ler deitada de lado, normalmente coberta, quando é à noite. Durante o dia, sempre faço uma caneca de café quentinho e vou pra sala.

7. AS CAPAS DE UMA SÉRIE TEM QUE COMBINAR OU NÃO IMPORTA?

Nossa, claro que sim, por favor!! Me dá aflição quando as cores das lombadas não são uniformes, quando muda o tamanho dos livros, a fonte, o estilo… Se é uma série, acho que tem que manter um padrão do começo ao fim.

 

Bom, agora você já conhece um pouco mais sobre meus hábitos de leitura! Que tal responder também e deixar seu link aqui nos comentários? Vou adorar conhecer seus hábitos!!

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.

[TAG] Liebster Award

Posted on

Olá pessoal! Hoje eu trago para vocês a Tag Liebster Award!! Fui indicada pela Lala, do blog Páginas em Branco e, apesar de já conhecer essa tag, por ter respondido em um outro blog que eu tive, adorei ter sido indicada de novo e tenho certeza que o resultado vai ser bem diferente!! Obrigada, Lala!!

A tag consiste em responder os seguintes itens:

  • Escrever  11 fatos sobre você;
  • Responder as perguntas de quem te indicou;
  • Indicar 11 blogs com poucos seguidores;
  • Fazer 11 perguntas pra quem você indicar;
  • Colocar um imagem que mostre o selo do Liebster
  • Linkar de volta quem indicou;

11 Fatos Sobre Mim:

  1. Sofro da Síndrome do Branco Instantâneo. É só me pedir para escolher ou imaginar alguma coisa e pronto! Dá branco! Já imagina como deve ter sido rápido responder essa tag, não é?
  2. Eu digito tudo errado, sempre. Demora uma vida e meia pra escrever um post e vira e mexe tem uma letra fora de lugar, outra faltando… Podem me avisar, se isso acontecer, ok? Aí eu corrijo e fica tudo lindo!
  3. Eu escrevo demais. Explico demais, talvez… Bem, é só ler as repostas abaixo que você vai perceber isso bem claramente!
  4. Vivo fazendo listas de leitura e descumprindo todas elas, porque sempre aparece um livro que eu preciso ler antes dos demais.
  5. Vivo fazendo listas, em geral. Não ando podendo confiar na minha memória, por isso, ando com meu caderninho de anotações pra todo lado. Compromissos, ideias malucas, listas de leitura e rascunhos de posts para o blog acabam indo parar nesse caderninho.
  6. Não consigo tomar refrigerante antes das 09 da manhã. Trauma de ameaças da minha vó de que meu estômago ia furar se eu fizesse isso.
  7. Eu já li muito mais do que está registrado no meu Skoob, mas não consigo, por nada no mundo, lembrar desses livros pra colocar na minha estante…
  8. Gosto de escrever, mas ainda estou experimentando minhas habilidades com as palavras, antes de resolver publicar um livro. Você, leitor do blog, pode me ajudar com isso, enviando seu feedback ao que eu escrevo.
  9. Adoro histórias clichês, mas me canso de histórias com “mais do mesmo”. É difícil me agradar!
  10. A primeira coisa que eu faço quando ligo o computador pra blogar é pegar algo pra beber: café, vinho ou cerveja.
  11. Tenho poucos melhores amigos. E eles são do tipo que não me cobram.

Minhas respostas às 11 perguntas que a Lala me fez:

Qual é o livro que você tem o sentimento de amor e ódio ao mesmo tempo?

Acho que não tenho nenhum livro com o qual tenha essa relação. Normalmente, eu defino bem o que eu gosto ou não gosto em um livro. Porém, posso dizer que o livro mais polêmico que li nos últimos tempos, que dividiu muitas opiniões e que me deixou pensando em muita coisa, foi o Proibido, da Tabitha Suzuma.

Você tem quantos livros em sua estante?

Nem sei. Não tenho tantos livros impressos quanto eu achei que tivesse, na verdade. A maioria dos livros que li até a adolescência, acabaram ficando na casa da minha mãe, passaram pro meu irmão mais novo. Depois que eu casei, estava em uma fase de comprar e-books, então não acumulei tantos livros físicos… Minha estante é até pequena se comparada à de alguns amigos. Isso tende a diminuir por conta do aumento de eventos literários aqui em Ribeirão, de estar fazendo mais amigos escritores e, também, pelas parcerias que tenho feito aqui no blog.

Qual gênero você mais gosta?

Gosto mais de romance… dentro desse estilo, gosto muito dos chick-lits, tenho lido bastante livros eróticos e vários young adult e new adult, por mais que possa parecer incompatível. Gosto muito de livros com temas do dia-a-dia e descobri recentemente que gosto de distopias. Nem todas, mas eu gosto.

E qual mais odeia?

Acho que se o livro é bem escrito, seja o estilo que for, eu vou acabar gostando da leitura. O que posso dizer é que histórias policiais normalmente não me atraem tanto quanto os demais gêneros.Só leria, por exemplo, se fosse em um desafio literário ou em alguma edição do Clube do Livro.

A adaptação para o cinema mais horrível que você já viu?

Percy Jackson com certeza! Na época eu não havia lido os livros e assistir o filme me desestimulou ainda mais. Só muitos anos depois, quando uma conhecida mencionou que os livros eram bons de verdade, não aquela palhaçada do filme, que eu resolvi dar uma chance pra série e realmente vi que ela tinha razão.

Qual suas series de livros favoritas?

As Crônicas de Nárnia (C. S. Lewis), A Saga Os Qu4tro Elementos (Josy Stoque), O Inferno de Gabriel (Sylvain Reynard) e, mais recentemente, Perdida (Carina Rissi).

Costuma ler ou dar spoiler?

Não costumo ler propositalmente e fico me martirizando um tempão quando acabo lendo algum por acidente… Nas minhas resenhas eu tomo o maior cuidado pra não dar spoilers (e talvez por isso eu faça, em alguns casos, a resenha da série inteira e não de cada livro separadamente…). Acho que spoiler é algo que não se faz com o coleguinha!

Qual sua maior dificuldade com o seu blog?

Minha maior dificuldade, atualmente, é mais relacionada com o meu perfeccionismo do que com o blog, em si. Tenho estudado bastante sobre formas de melhorar tanto o conteúdo quanto a parte mais “técnica”, mas não tenho o tempo que eu gostaria pra colocar tudo em prática. Fico ansiosa pra fazer tudo tão legal, mas tenho dado passinhos pequenos em direção ao que eu tenho como objetivo.

Você começou a ler com quantos anos?

Comecei a ler bem novinha. Com dois anos de idade eu já pegava uns livros lá em casa e lia… Antes de entrar na escolinha, eu já lia tudo, mas só fui aprender a escrever com quatro anos (lembro que na época a professora do Jardim me dava bronca e dizia que eu não podia contar para as pessoas que eu já escrevia, muito menos escrever meu nome no trabalhinho de classe. Fala sério!).

Gosta de literatura brasileira?

Adoro!! Tenho conhecido autores excelentes e que não deixam em nada a desejar em relação aos estrangeiros. Acho o máximo quando surgem novos talentos, que explodem no Wattpad e na Amazon, por exemplo, e conquistam seu espaço em grandes editoras, ao lado de nomes que fazem sucesso no mundo inteiro. Gosto ainda mais de saber que o Café com Livros é um epaço para prestigiar nossa literatura e divulgar o nome dos brasileiros e espero que o blog possa continuar nesse caminho e influenciar cada vez mais as pessoas a lerem as obras produzidas aqui no Brasil.

Tem o blog a quanto tempo?

Comecei o Café com Livros em 2013, com enfoque totalmente literário. Depois de um tempo blogando exclusivamente nesse nicho, conheci alguns grupos de blogueiros que escreviam sobre os mais variados temas e, com isso, estou dando uma cara mais pessoal pros temas tratados aqui. Nunca vou deixar de falar de livros, mas a ideia é ir ampliando o enfoque, porque eu já tentei ter dois blogs (um pessoal e um literário) e sinceramente, é muita coisa pra administrar!

Minhas 11 perguntas para os indicados:

  1. Livros de colorir: relaxam ou é só modinha?
  2. O que você acha de livros com continuações?
  3. Você costuma ler ouvindo música?
  4. Você empresta seus livros?
  5. Qual sua mania literária mais esquisita?
  6. Qual livro você não recomendaria nem pro seu pior inimigo?
  7. Por que você tem o blog?
  8. Qual a coisa mais legal que você aprendeu com seu blog?
  9. Qual blogueiro é a sua inspiração?
  10. O que você acha que falta na blogosfera?
  11. Que evento você gostaria que fosse realizado na sua cidade?

Meus indicados:

  1. Se Livrando
  2. Então Tudo Aconteceu
  3. Panda Reader’s
  4. Kitudibom
  5. Sr. Blep
  6. Poesia que encanta a vida

Resolvi indicar apenas esses, pois são blogs que eu realmente acompanho. Se você não foi indicado, mas quer responder a tag, é só me linkar no seu post e me avisar para eu ler, ok?

 

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.

[TAG] Eu, Leitora

Posted on

Vi esta tag no blog da Letícia K. Oliveira e, mesmo tendo passado um tempão desde a publicação, resolvi responder. Vem conferir!!

Entre post e videos, qual você prefere? 

Eu sempre leio mais posts em blogs do que assisto vídeos, mas acho que é mais uma questão de costume do que de preferência. Por muito tempo, tinha que deixar pra assistir os vídeos que me interessavam quando chegasse em casa depois do trabalho, então ou eu acabava esquecendo, ou não lembrava mais onde tinha salvo o link. Aí fui perdendo o vínculo com o conteúdo em vídeo. Tenho tentado me acostumar novamente com essa mídia, porque tenho conhecido muita gente legal que tem postado vídeos, mas confesso que ainda é meio difícil pra mim!

Aproximadamente quantos videos você costuma assistir por semana? 

Como disse na resposta acima, ainda estou me acostumando com essa rotina, então não tenho uma constância. Podemos considerr um por semana por enquanto!

 O que te chama atenção a ponto de clicar e assistir o vídeo? 

Quando quero procurar por algum tema específico, vou mais pelo título, pela tela inicial, por quem postou. Se é um vídeo de algum amio ou conhecido, eu vejo se o tema me agrada. Dificilmente vou na loteria ou nos recomendados, porque, como disse, ainda não estou tão integrada ao YouTube pra fazer isso.

 O que mais te incomoda em um blog? 

Não gosto muito de layouts poluídos, onde a gente nem sabe muito onde encontrar o que precisa. Já foi o tempo daqueles gifs brilhantes, cursor em formatos variados e música de fundo. Hoje isso me incomoda muito!! Já na parte de conteúdo, eu não gosto quando os posts destroem demais a língua portuguesa, ou chegam ao ponto de escrever quase que totalmente com símbolos e emoticons.

 O que faz você não assistir um vídeo até o final? 

Quando percebo que a pessoa não vai direto ao ponto. Abrir um vídeo para assistir sobre um assunto e ter que esperar vários minutos até a pessoa chegar nele acaba com minha paciência e com a vontade de continuar assistindo.

Você prefere videos curtos ou longos? 

Depende. Gosto de vídeos objetivos e isso é relativo, pois um vídeo pode ser longo, mas tratar do assunto de forma objetiva e, assim, prender minha atenção.

Você tem o habito de avaliar um vídeo e comentar, ou geralmente esquece?

Não fazia isso até que me contaram do quanto isso é importante para os vlogueiros, então passei a avaliar. Comentar é mais raro, no meu caso.

Qual rede social (além do youtube) você mais usa para ficar por dentro das novidades? 

Facebook, na maior parte do tempo, mas um pouco do Twitter também. E agora o Instagram.

Você gosta de conhecer blogueiras/blogueiros novos ou prefere os antigos? 

Gosto dos blogueiros que ainda não perderam a essência de blogar, que ainda escrevem/gravam por paixão e não para “ganhar dinheiro” ou “viver de blog”. Não que isso seja errado, nem que um monte de gente boa hoje viva disso, mas quando a motivação é apenas essa, é visível a queda na qualidade dos posts… Por isso, eu prefiro os blogs que tem a cara do blogueiro, conteúdo autoral e posts ousados e diferentes da maioria.

Se você pudesse dar uma dica para os blogueiros em geral, qual seria? 

Faça o que você gosta. Escreva sobre o que você quiser, dê a sua casa para o seu blog. Crie seu próprio caminho ao invés de só sair copiando conteúdo já existente. Faça nascer o interesse pelo que você escreve, porque eu garanto que tem muita gente que vai gostar do seu estilo de blogar e vai se tornar seu público.

Sinta-se a vontade para taguear quem você quiser! 

Vou taguear aqui a Cintia, do Panda Reader’s, a Lud do Sr. Blep e a Tati, do Então tudo aconteceu. Meninas, quando vocês responderem, deixem seus links aqui pra eu ler! Vou adorar saber as respostas de vocês!!

 

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.