[Dica] 7 Dicas Para Blogueiros Iniciantes #2 – Conteúdo

Posted on

Eu já dei algumas dicas para quem está começando um blog. Naquele post eu falei mais sobre a atitude do blogueiro iniciante do que dicas relacionadas propriamente ao blog. Desta vez, a ideia é trazer dicas mais práticas para o seu dia-a-dia.

O tema de hoje é conteúdo. Muitas vezes, quando estamos pensando no que escrever, dá aquele bloqueio criativo enorme, em que você não consegue pensar em absolutamente nada para escrever. Eu já passei muito por isso e, óbvio, ainda passo. Nem sempre estou com a inspiração em alta e, por isso, ao longo destes quase dois anos de blog, eu aprendi a usar algumas ferramentas para me inspirar.

Por isso, hoje eu quero falar sobre 7 dicas para se inspirar e criar conteúdo para seus posts.

Sites com ideias de posts:

Alguns sites oferecem ideias de posts que você pode desenvolver. São os chamados “prompts”. Dê uma olhada no Daily Post, que é um site do pessoal do WordPress, que traz todos os dias uma ideia sobre a qual escrever. Além das ideias diárias, há os desafios semanais e os cursos que aprimoram a experiência de escrita, como Writing 101 e Writing 201. Apesar de estarem em inglês, vale a pena conferir e até mesmo se desafiar e escrever sobre os temas que eles propõem. Já escrevi sobre vários deles aqui e a experiência foi bem divertida.

Participe de blogagens coletivas:

Uma das coisas mais divertidas que descobri na blogosfera é a blogagem coletiva. Eu participo de vários grupos que sugerem temas mensais sobre os quais escrever. Adoro ler o que o pessoal escreve e sempre tento me desafiar escrevendo sobre o que foi proposto. É impressionante como a criatividade humana gera visões e abordagens completamente diferentes para uma mesma ideia. Funciona mais ou menos assim, o grupo define um ou mais temas para o mês e todos os blogueiros que quiserem podem escrever sobre aquilo, com a única recomendação de linkar o grupo. A ideia é usar o tema proposto como base e aplicar toda a sua criatividade pra explorar esse tema com o seu jeito, colocando suas características e escrevendo livremente. Já escrevi muita coisa a partir de blogagens coletivas. Eu costumo participar das blogagens coletivas do Rotaroots, do Blogs que Interagem e, às vezes do Coisas de Blogueiras.

Reveja seu conteúdo antigo:

Seus posts antigos são uma fonte importantíssima de conteúdo. Apesar de já ter escrito sobre algo, isto não significa que você não possa escrever de novo. Pode ser que sua opinião tenha mudado, ou então, que você tenha algo mais a acrescentar, que vale um novo post. Crie uma série de posts, explore um pouco mais algum tema que você só havia citado anteriormente, mas nunca se esqueça dos seus arquivos.

Leia posts em outros blogs:

Uma das coisas mais inspiradoras é visitar outros blogs e perceber que as pessoas nunca abordam um mesmo tópico da mesma maneira. Por isso, você pode esbarrar em um post que não fale tudo o que você pensa sobre algo e, além de comentar nesse post pra complementar o assunto (porque isso é legal e isso te faz crescer), este pode ser o tema para seu próximo post. Não se esqueça de linkar a pessoa que escreveu o que te inspirou. Além de educado, isso instiga o próprio autor a comentar no seu post! Lembre-se sempre que blogar é uma atividade em comunidade e, por isso, sua inspiração pode vir de quem você lê.

Faça rascunhos:

Nas despreze as ideias que surgem de repente. Pode ser que algo que você achou bobo se torne um post super legal no momento em que você se sentar para escrevê-lo. Anote os tópicos e as palavras-chave nas quais pensou quando a ideia veio em mente pela primeira vez e assim você não perderá as principais coisas sobre as quais escrever quando finalmente resolver deixar o post pronto para ser publicado. Logo você terá um belo calendário de posts programados!

Não poste qualquer coisa:

Em primeiro lugar, seu conteúdo precisa ter qualidade. Não escreva algo simplesmente porque algum post precisa ser publicado naquele dia. Seu público vai preferir mil vezes um post com um bom conteúdo e bem editado, mesmo que ele demore alguns dias para ser publicado. Um bom texto ou artigo, muitas vezes leva horas, ou dias, para ser escrito. É raro um texto que já fica pronto na primeira vez em que seu autor se dedica a escrevê-lo. Por isso, valorizar os textos que você lê nos seus blogs favoritos é tão importante.

Use o calendário:

Uma das ferramentas mais úteis para gerar conteúdo para seu blog é o calendário. Temas sazonais, ligados aos meses ou estações, ajudam a preencher lacunas no seu calendário editorial e até mesmo a criar categorias ou séries de posts às quais seus leitores podem recorrer, mesmo depois de muito tempo! Feriados como o Natal, a Páscoa, as estações do ano e os períodos de férias podem gerar ideias excelentes sobre as quais escrever.

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.

Cinco Lugares Para Conhecer em Qualquer Viagem

Posted on

Eu adoro viajar!! Sempre que posso e que sobra uma graninha, faço as malas e vou conhecer algum lugar diferente com meu marido. Tantos anos de relacionamento e algumas viagens depois, hoje consigo identificar alguns lugares que nós sempre conhecemos, em praticamente todos os lugares para onde vamos.

Muito mais do que programas turísticos, nosso estilo de viagem é de quem procura se misturar ao povo local e conhecer o lado das cidades que normalmente não são muito frequentados por turistas. Claro que vamos aos pontos turísticos, mas esse passeio por esses outros locais sempre nos deixa com aquela sensação boa, de termos conhecido nossa “versão” de cada local.

Veja só minhas dicas de turismo alternativo e visite os seguintes locais quando chegar em seu próximo destino. Garanto que sua experiência de viagem vai ser bem diferente a partir de agora!

Mercado

Conhecer o mercado da cidade significa saber desde a faixa de preço dos produtos – e não ser explorado na rua por quem sabe que você é turista e não conhece nada por ali – até conhecer qual o estilo dos habitantes, os hábitos de consumo, comidas típicas, marcas e sabores novos. Além disso, a própria forma como as pessoas se comportam no mercado é bem particular de cada local que você visita. É um lugar que eu recomendo muito conhecer!!

Farmácia

Simplesmente por uma questão de segurança e praticidade é bom saber onde tem farmácia, quais os nomes de medicamentos mais comuns que você pode precisar e, claro, estar preparado pra uma eventual necessidade. Além disso, conhecer os medicamentos que você pode comprar com ou sem receita em cada país é uma informação de cultura inútil que pode ser usada em alguma conversa de bar, nunca se sabe…

Livraria

Eu sempre procuro livrarias quando viajo. Nem sempre eu compro, na verdade, raramente trago algo pra casa, a não ser algum livro sobre o local. Mas na verdade o que me atrai para esse lugar é, além da paixão pelos livros, a possibilidade de ver os originais de livros que já li ou então ficar por dentro de nomes que ainda não fazem sucesso internacional, mas que já estão nas livrarias locais. Além disso, gosto de observar como cada lugar organiza suas livrarias, como é o atendimento ao público e se eu me sinto em casa nelas. Isso também reflete muito a cultura do local e eu adoro observar.

Padaria (café)

Além do mercado, um bom lugar pra conhecer as comidas típicas de onde estamos é a padaria ou café. Lá podemos ter acesso ao que as pessoas tem costume de comer de manhã, que tipo de doces são consumidos naquele local, quais combinações eles fazem que são diferentes das nossas. Acho o máximo conhecer estes detalhes e, no caso dos doces e dos cafés, experimentar os sabores locais.

Shopping

Por mais que alguns lugares não sejam destinos de compras, é interessante conhecer os shoppings, pois pode ser que a gente precise comprar algo de última hora, ou até mesmo, se quiser passear em algum momento, sem que seja para conhecer algum ponto turístico. De qualquer forma, é bom saber onde estão concentradas as lojas do lugar para onde você foi. Não é uma experiência tão divertida quanto as demais, mas eu sempre acabo incluindo em meus roteiros, pela questão da praticidade, por isso a dica.

E vocês? Qual o lugar que vocês sempre querem conhecer quando viajam para um destino diferente? Contem pra mim nos comentários, quem sabe eu também não gosto da ideia?

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.

Café com Links #5

Posted on

E hoje é aquele dia super legal onde eu trago para vocês um pouco do que aconteceu no blog e nos blogs que eu acompanho!!

Em primeiro lugar, vocês devem ter visto que eu mexi um pouco no layout. Queria um visual mais clean e com cores mais claras, por isso as alterações, apesar de não ter mexido no layout propriamente dito. Gostaram? Eu sou uma eterna insatisfeita, por isso, ainda não acho que o blog está como eu queria, apesar de estar bem melhor do que antes, na minha opinião. Se você tiver alguma dica ou sugestão para me fazer, é só me escrever, ok?

Ah sim, a outra mudança que fiz foi a inclusão de um formulário de contato no blog. Assim, vocês conseguem entrar em contato comigo de um jeito bem mais simples do que antes. Acho que deu certo, porque tenho recebido bastante mensagens de vocês. Continuem assim!!

Como meu blog é auto-hospedado, não tem como seguir usando sua conta do WordPress, nem pelo GFC (que é exclusivo da plataforma Blogger), mas se você quiser ter a comodidade de receber os posts do Café com Livros no seu e-mail, é só assinar, incluindo seu e-mail ali ao lado, ok? Este cadastro serve apenas para esse serviço de entregar os posts em sua caixa de entrada. Não usarei para fazer spam, porque eu mesma sou absolutamente contra esse tipo de ação. Além disso, sempre há a opção de curtir a fanpage ou seguir no Twitter e Instagram, para ficar por dentro das novidades.

Fiz algumas mudanças na página do Blogroll, para refletir os blogs que eu tenho realmente acompanhado nos últimos tempos. Alguns tiveram seus banners incluídos na página, outros apenas o link, porque eu não encontrei o banner no blog. Se for o seu caso, é só me enviar e eu troco, ok?

As mudanças foram bastante positivas, com relação ao retorno de vocês e eu só tenho a agradecer por estarem sempre por aqui prestigiando o que escrevo. Vocês me deixam muito feliz! Os links mais acessados do mês foram:

[Especial] Mês da Mulher – Josy Stoque

[Resenha] O Safado do 105 – Mila Wander

[Resenha] Despedida de Solteira – Mila Wander

[Resenha] O Garoto do Bosque – Jen Minkman

5 Dicas de Leitura Para o Dia dos Namorados

[Resenha] O Homem Perfeito – Vanessa Bosso

[Resenha] Primeiro e Único – Emily Giffin

[Blogagem Coletiva] 10 coisas que aprendi com relacionamentos

[Resenha] My Favorite Mistake – Chelsea M. Cameron

[Dica] Organize-se e tenha mais tempo para ler

Nos blogs que eu acompanho teve bastante coisa legal, que eu resolvi trazer pra vocês também. São posts que valem a pena seu clique e blogs que eu recomendo muito!

Teve um post super legal sobre tatuagens com temas literários, dica de decoração barata com pôsteres, um texto sincero sobre o fim de um relacionamento, dicas valiosíssimas para escritores iniciantes, ideias de cabeceira para cama, uma resposta à Tag Liebster Award, post de um sorteio que será dia 05/07 do livro A Filha do Império. Leia estes posts, comente, compartilhe com os amigos e conheça estes blogs legais!

Quer participar deste post? Deixe o link do seu post, clicando no botãozinho azul aí embaixo. Ele ficará listado logo abaixo deste post e outras pessoas poderão clicar nele e visitar seu blog!!!

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.

[Curiosidade] O que estes livros tem em comum?

Posted on

Estava pensando sobre alguns dos últimos livros que li, mais especificamente os lançamentos de abril e maio da Novo Conceito e acabei identificando algumas semelhanças entre os títulos que escolhi. Sem querer, depois de ler e refletindo sobre cada um dos livros e seus respectivos temas, acabei identificando coisas em comum entre eles.

Algumas características estão presentes em todos os livros, outras apenas em alguns. Mesmo assim, isso me fez pensar se foi uma escolha proposital da Editora, se foi apenas uma coincidência, ou se as obras que estão sendo produzidas precisam de uma renovação, em algum aspecto.

Ainda não encontrei minha resposta, mas adoraria saber o que você, após ler esse post, pensa sobre o assunto.

Os títulos que eu escolhi:

PRIMEIRO_E_NICO_1427997875443150SK1427997875B bom-dia-sr-mandela_capa_1 a-lista_capa4_1 neve-na-primavera_capa4_1 a-playlist-de-hayden_capa4_1

Morte:

Todos os livros tem em comum alguma morte. Calma. Isso não é nenhum spoiler, tudo isso fica muito claro em todas as obras, seja na sinopse, nos primeiros capítulos ou simplesmente porque é uma dedução lógica.

Autoras:

Todos os livros tem em comum o fato de que foram escritos por mulheres.

Jornalistas:

Dos cinco, três possuem em comum o fato de que suas protagonistas são jornalistas: Primeiro e Único, A Lista e Neve na Primavera

Mulheres Adultas:

Dos cinco, quatro tem em comum que suas protagonistas são mulheres em idade adulta: Primeiro e Único, Bom Dia, Sr. Mandela, A Lista e Neve na Primavera.

Enigmas:

Dos cinco, a característica comum entre três deles é que trazem enigmas deixados pelos mortos para que os protagonistas solucionem: A Lista, Neve na Primavera e A Playlist de Hayden.

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.

5 Dicas de Leitura Para o Dia dos Namorados

Posted on

Ah, o Dia dos Namorados… Aquele dia em que você, que tem um namorado ou namorada, ganha presentes, sai pra jantar, cria aquele clima romântico e celebra o amor. Para quem não tem namorado, pode ser que uma de suas opções seja cair na balada com os amigos, celebrar a solteirice ou até mesmo tentar arranjar um pretendente. Quem sabe?

Porém, pode ser que você escolha ficar em casa, sob as cobertas, curtindo o friozinho e uma boa leitura. Se este for o seu caso, tenho algumas dicas que podem te ajudar. São sete livros que eu recomendo para o Dia dos Namorados. Histórias românticas, cada um com um perfil diferente, que vão fazer você se distrair, sonhar acordada e acreditar que é possível, sim, encontrar seu amor, onde quer que ele esteja.

Selecionei livos que já li, para poder falar com propriedade sobre cada um deles, até porque, não tenho coragem de recomendar uma leitura sem ter experimentado antes… Veja aqui as minhas dicas para passar o Dia dos Namorados em ótima companhia.

O homem perfeito

O_HOMEM_PERFEITO_1409666771B

O livro de Vanessa Bosso conta a história de Mel, uma garota que, como a maioria de nós, fazia seus pedidos ao Universo e, dentre eles, aquela listinha básica de características que ela queria em seu Homem Perfeito. O que ela não podia imaginar é que ele escaparia tão facilmente entre seus dedos e cairia diretamente nos braços de sua rival. Misturando elementos cômicos a um cenário muito próximo à realidade de boa parte das garotas, O Homem Perfeito é uma pedida excelente!

Perdida

ceb2f-perdida

Carina Rissi abusa da criatividade ao nos envolver em um romance totalmente improvável entre uma garota moderna, descolada e independente do século XXI, e um verdadeiro cavalheiro do século XIX. Sofia Alonzo e Ian Clarke, separados pelo tempo, se juntam por obra do destino (ou seria de um acidente que faz o celular dela cair na privada?) e deste encontro, surge um amor aparentemente impossível de se concretizar. Sua escrita envolvente e os elementos dos romances clássicos que nos fazem suspirar tornam Perdida um dos melhores dos últimos tempos, e uma escolha certeira para entreter, no Dia dos Namorados.

Despedida de Solteira (Trilogia)

DESPEDIDA_DE_SOLTEIRA__CALEB_1376319216B

Nessa história de Mila Wander, as certezas de Amande são abaladas quando ela conhece o garoto de programa Caleb, em uma despedida de solteira organizada por suas amigas. Depois de um final de semana revelador, Amande precisa decidir o que fazer de sua vida e responder à pergunta que não quer calar: Qual o seu maior desejo? Para não aceitar qualquer coisa e refletir sobre o que realmente importa para você, a trilogia Despedida de Solteira é a leitura ideal.

Procura-se um Marido

f1463-procura-seummarido

Mais um livro imperdível de Carina Rissi… Em Procura-se Um Marido, a irresponsabilidade de Alicia é o motivo de seu avô ter preparado o testamento mais sacana da história da literatura: após a morte dele, ela somente poderia tomar posse da herança se estivesse casada. Como ela não quer saber de compromisso, resolve bolar um plano mirabolante para burlar o testamento e coloca um anúncio no jornal, em busca de um marido de aluguel. E é aí que tudo começa a ficar mais complicado e mais engraçado. Uma leitura viciante!

A probabilidade estatística do amor à primeira vista

Resenha - A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista - Jennifer E. Smith

Um dos livros mais fofos que eu li e que se passa em um período de 24 horas. A escrita envolvente faz com que não larguemos o livro enquanto o final não chega. A história doce de duas pessoas que se encontram graças a um atraso de apenas quatro minutos para o embarque num avião para a Inglaterra. Você vai suspirar do começo ao fim.

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.