[Blogagem Coletiva] 7 Dicas Para Blogueiros Iniciantes

A ideia deste post é dar 7 Dicas Para Blogueiros Iniciantes. Aí você deve pensar, o que eu, que estou aprendendo agora como fazer um blog legal, estou me metendo a dar dicas. Bem, pode fazer pouco tempo que eu estou ativamente nessa vida de blogueira, mas posso garantir que já aprendi algumas coisinhas que ajudam muito a crescer e a se manter nesse mundo virtual.

Amor:

Love blogueiro

A primeira coisa que eu aprendi é que, pra ter um blog, você tem que gostar, amar o que faz. Dá um trabalhão ter uma ideia, transformar em um post, editar imagens, divulgar… isso sem falar em layouts, plugins, cores, etc. Não dá pra simplesmente inventar um blog porque as outras pessoas estão ganhando dinheiro com isso. A vontade e a motivação para ficar horas diante do computador bolando o que vai ser publicado tem que vir de algo muito maior do que o retorno financeiro. Tem que ter amor, gente!

Generosidade:

Kindness blogueiro

Uma das coisas que eu aprendi nessa caminhada foi que, sem generosidade, não vamos muito longe. Claro que o sucesso de um blog requer o seu talento pessoal, sua criatividade e uma boa dose de dedicação, como já falei. Mas sem generosidade, tudo isso vai te fazer ir até um certo ponto da estrada… e parar por ali. Ter um blog significa estar inserido em uma comunidade de milhões de outros blogs. E, como toda comunidade, a blogosfera também vive da interação e da colaboração entre seus participantes. A maior parte do público dos blogs é formada por outros blogueiros. Então, se você deseja permanecer vivo neste meio, deve colaborar com ele. Indique blogs, mesmo que esses blogueiros nem te conheçam. Tudo aquilo que a gente faz volta pra gente. Da minha experiência pessoal, garanto que o fato de eu indicar sempre, linkar para blogs que eu leio e indico tem me feito crescer e, o que é mais legal nisso tudo, fazer boas amizades!

Reciprocidade:

Reciprocity blogueiro

O outro lado da moeda que devemos observar é a reciprocidade. Ou seja, pode acontecer de outras pessoas lerem seu blog, gostarem do seu conteúdo e comentarem, indicarem para outras pessoas e, com isso, você consegue atingir outras pessoas que estão fora da sua rede de contatos principal. Nessa hora, você deve pensar com o mesmo princípio da generosidade e retribuir as gentilezas. Estou sendo constantemente surpreendida por pessoas que dizem que gostam do que eu escrevo e tenho recebido o apoio de muita gente que eu nem imaginei. Não necessariamente as pessoas que vão te ajudar diretamente serão aquelas com quem você agiu de forma generosa, mas como eu disse, tudo o que fazemos, volta pra nós. Nosso papel na blogosfera deve ser o de espalhar as gentilezas e retribuir aquilo de bom que recebemos, de preferência para quem nos deu algo. Responda aos comentários no seu blog, mesmo que demore… a gente sabe que há vida fora da internet, mas que isso não seja obstáculo para que você seja grato pelo que recebe.

Serenidade:

Serenity blogueiro

Calma. Muita calma nessa hora. Temos visto por aí uma galerinha que faz o maior sucesso com seus blogs e vlogs, tem trocentas parcerias, vive participando de eventos, ganha uma grana e vive daquilo que ama fazer: blogar. Porém, eu garanto pra vocês que o sucesso não vem do dia pra noite, nem é tão simples quanto aqueles sites de “Como Ganhar Dinheiro Com Seu Blog” dizem que é. Como eu disse lá em cima, ter um blog legal dá trabalho e, ainda que você não tenha dinheiro pra investir, vai ter que investir seu precioso tempo para blogar. E, é claro, pra esperar os resultados do seu blog começarem a aparecer. A melhor coisa que eu tenho observado no Café com Livros é que, depois de todos esses meses, tem gente que me acompanha desde o começo e tem gente que passou a ler o blog e se tornou meu público, sempre me acompanha. Isso demorou a acontecer, mas eu acho que é muito melhor ter poucas pessoas que movimentam seu blog do que muitas pessoas que nem aparecem por lá, não é verdade? Com seu trabalho, a qualidade do que você publica, a sua constância e o bom uso das ferramentas que estão à sua disposição, aos poucos o seu blog vai crescer e alcançar um lugar de destaque dentre os blogs do seu nicho. É só ter paciência que as coisas acontecem… e esse blog é a prova de que isso é verdade.

Pessoalidade:

Personal Touch blogueiro

A essência do blog é refletir quem escreve nele. Por isso, nunca deixe de lado quem você é, seu estilo de escrita, seus gostos e preferências. Por mais que queremos crescer e fazer uma parceria legal com uma loja ou editora bacana, isso tem que estar de acordo com o seu perfil e o perfil do seu blog. Imagina se você acaba conseguindo uma parceria com uma empresa que oferece um produto que você não curte tanto assim? O post vai sair uma caca. Melhor se dedicar a construir um espaço que te dê prazer em escrever e manter, e que os frutos disso sejam coisas que te deixem ainda mais feliz. O mesmo vale pros blogs literários, que precisam tomar cuidado pra não virar um mero catálogo de publicidade de editoras e autores. Não podemos nos esquecer que o blog é nosso espaço e tem que ser do nosso jeito, não uma filial do anunciante, ok?

Organização:

organização blogueiro

Além de todas essas dicas acima, algo muito importante pra poder botar tudo isso pra funcionar é a organização. Planejar suas ações e distribuir suas atividades no tempo é um ponto essencial, não só pro blog, mas pra vida. No caso do blog, a organização é essencial pro crescimento consolidado do seu público e para o alcance de uma quantidade maior de pessoas. Planejamento vai garantir constância e regularidade nas publicações, além de seus leitores terem uma certa expectativa de encontrar sempre conteúdo novo quando acessar seu blog. Mas e se você tem mil ideias num dia e no outro não tem nada? Pra isso, eu recomendo a programação dos posts. Aqui no blog quase todos os posts são agendados. Eu trabalho fora, então não dá pra escrever todos os dias, muito menos ter ideias sempre. Por isso, quando bate a inspiração, eu já trato de deixar vários dias de posts prontos e, nos demais, vou trabalhando em posts futuros. Assim, sempre tenho o que escrever.

Humildade:

humildade blogueiro

Um dia, seja por que você aprendeu muito com cada post, cada comentário, cada estatística, cada não, você vai crescer. Mesmo que você não tenha ainda chegado no topo da blogosfera, nào tenha se tornado quem almeja, vão surgir, todos os dias, outros blogs mais novos e menos experientes que você. Esse será o melhor teste da sua vida. É a hora de você mostrar que a blogosfera é um lugar legal, amigável, onde cabe todo mundo e todo estilo de blog. É a hora de você acolher seus novos colegas, como um dia você foi acolhido. Ensine, ajude, aconselhe, prestigie. Faça isso e seja lembrado por seu jeito simpático. Assim sua marca vai ser a bondade, a humildade e, pasme, isso pode fazer você crescer ainda mais.

Estas são apenas sete dicas, e são as que eu consegui pensar em apenas alguns dias refletindo sobre esse assunto. Há muito que aprender ainda, nessa linda comunidade de blogs pessoais ou de nichos específicos e, sempre que houver oportunidade, quero passar para os outros o que eu aprendi. Ainda não sei técnicas de nada, mas cada post que escrevo é uma aula prática sobre tudo que se refere a blogs.

Quero saber o que você, que tem um blog, aprendeu nessa caminhada. Diz aí nos comentários… vamos colaborar com os coleguinhas?

O post de hoje é parte da Blogagem Coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros que tem a intenção de manter viva a essência dos blogs e trazer de volta a ideia de blogar por amor, sem regras pré-estabelecidas.

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.

One thought on “[Blogagem Coletiva] 7 Dicas Para Blogueiros Iniciantes

  1. Pingback: [Dica] 7 Dicas Para Blogueiros Iniciantes #2 - Conteúdo | Café com Livros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge