[Resenha] Guia Politicamente Incorreto da Filosofia – Luiz Felipe Pondé

Guia Politicamente Incorreto da Filosofia

Título: Guia Politicamente Incorreto da Filosofia

Autor: Luiz Felipe Pondé

Editora: LeYa

Ano: 2012

Páginas: 224

Dividido por temas, a obra se baseia em conceitos defendidos por grandes filósofos do mundo inteiro para abordar assuntos como capitalismo, religião, mulheres, instintos humanos, preconceito, felicidade e covardia. Se até o aeroporto se tornou um churrasco na laje, o futuro mais otimista para o mundo é ser brega. O “Guia Politicamente Incorreto da Filosofia” não é um livro sobre a história da filosofia, mas sim um ensaio sobre a filosofia do cotidiano. Luiz Felipe Pondé, o pecador irônico, confessa uma mentira moral e universal na sociedade: o politicamente correto. Porque no fundo, você sabe que também achou graça na piada do seu amigo.

O que eu achei de Guia Politicamente Incorreto da Filosofia?

O livro Guia Politicamente Incorreto da Filosofia é mais um ensaio de ironia do que um guia de filosofia, a qual aparece no livro bem discretamente. Trata-se de uma série de ensaios sobre temas que normalmente são tratados pelo senso comum e pela mídia com uma roupagem infantil e utópica demais, para o ponto de vista do autor. Luiz Felipe Pondé confronta com bom humor e um pouco de rabugice assuntos sobre os quais a maioria da população costuma pisar em ovos: os gays, os negros, as mulheres, as religiões.

No início estava bem desconfiada do livro, mas devo admitir que a leitura me agradou na maior parte do tempo. Comecei a ler Guia Politicamente Incorreto da Filosofia muito desconfiada, porque não havia ouvido boas recomendações, mas como ele estava aqui em casa, e eu estou lendo livros nacionais esse mês, resolvi parar de adiar o momento e me entreguei ao desconhecido.

Pois bem. No começo o autor me pareceu um velho ranzinza, descrente de tudo, mas aos poucos, fui percebendo que em boa parte das coisas que diz ele tem razão. Sem entrar no mérito das opiniões que ele expressa em seus ensaios, o que eu tirei dessa leitura foi que a grande idiotice dos politicamente corretos é sair repetindo algo como uma verdade absoluta, sem nem mesmo saber porque está fazendo isso. Ou então, de pintar a realidade como algo cruel e monstruoso e de endeusar os seus opostos, apenas porque não são o que está estabelecido nem são possíveis de alcançar.

Por isso e por se tratar de um livro incomum, que foge do padrão de leitura a que estou acostumada, com começo, meio, fim, romance, mocinho, mocinha e casamentos, Guia Politicamente Incorreto da Filosofia é uma boa leitura, para instigar o leitor a observar o mundo sob uma ótica menos fantasiosa e ter um pouco mais de coragem de emitir opiniões, ainda que elas não sejam consideradas bonitinhas pelo resto do mundo.

Mora em Ribeirão Preto, gosta de ler desde sempre. Apaixonada por café, por um bom vinho e por histórias que aquecem o coração.

One thought on “[Resenha] Guia Politicamente Incorreto da Filosofia – Luiz Felipe Pondé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge